Artigo

  • Nov

    06

    2016
img

DOMINGUEIRAS - MOMENTOS DE TRANSIÇÃO

“A nossa onda mental deve estar localizada no idealismo do Amor e do Bem!” (Joanna de Ângelis)
06 de Novembro de 2016.
Estamos vivenciando momentos difíceis, o que prova que a Terra está vivendo um momento de transição, e quem não se adaptar aos novos tempos, buscando sua reforma intima, corre um grande risco de estagnar sua evolução espiritual, enquanto espíritos equivocados se locupletam nos prazeres da carne, achando-se o máximo, e até se arvorando de “deuses”, o que é um verdadeiro absurdo. O homem civilizado desenvolveu em excesso a inteligência por meios do avanço da Ciência e da Tecnologia e nos separamos da religiosidade que é inerente ao processo da própria vida. O homem, cansado das religiões tradicionais, carcomidos pelo poder temporal e enfraquecidos por dogmas paralisantes, enveredou no materialismo voraz, que não nos trouxe resposta, nem consolo para a nossa angústia e ansiedade. O homem, nos grandes centros e até nos pequenos vilarejos, vive cercado de conforto tecnológico, dirigindo carros luxuosos, top de linha, acionando as mídias sociais rapidíssimas, através de computadores, notebook, tablets e celulares sofisticadíssimos, mas, lamentavelmente, se debatendo nas drogas, na violência e nas neuroses de todo tipo. Já estamos cansados e buscamos, enfim, a vida real, sem as fantasias da maravilhosa tecnologia, pois, o homem começa a despertar e a perceber que só se voltando para dentro de si mesmo, vai encontrar o altar de Deus, e só aí ele consegue alcançar um pouco de paz e equilíbrio. Nascido na França, em meados do século XIX, por meio da revelação dos espíritos e do notável poder de síntese e organização de Allan Kardec, vem o Espiritismo ocidentalizar verdades milenares conhecidas dos povos orientais. E os conceitos de imortalidade, reencarnação e mediunidade são popularizados numa linguagem simples e clara que nos atinge a todos que quiserem conhecer. Pois, a verdadeira sabedoria não está em complexas e elaboradas Teorias Científicas, mas sim na observação da natureza e na medida que nos despojamos da arrogância de seres superiores e “donos da verdade” mas parte integrante desse maravilhoso universo. Quando desenvolvermos uma consciência mais nítida sobre os propósitos da vida, poderá o homem reformular sua visão, estabelecendo uma nova ordem social, com ética justa e equilibrada. Ou seja, a Lei de Amor, do Evangelho de Jesus: “Amai-vos uns aos outros.” Mas sobretudo, “amar a Deus sobre todas as coisas, de todo teu entendimento, de todo teu coração.!” Aí então, descobriremos que o Reino de Deus está dentro do nosso coração. Num trechinho do Capítulo 17 – Sede Perfeito, do livro: O Evangelho Segundo o Espiritismo” diz o seguinte: “O Espiritismo bem compreendido e bem sentido leva o homem naturalmente às qualidade mencionadas, que caracterizam o verdadeiro espírita, o verdadeiro cristão, pois um e outro são a mesma coisa. O espiritismo não estabelece nenhuma nova ordem moral, mas facilita aos homens a compreensão e a prática da moral do Cristo, dando a fé inabalável e esclarecida àqueles que duvidam ou vacilam.” Que evoluamos sempre, e com o nosso exemplo, possamos contribuir para acelerar o planeta na sua rota de evolução para um mundo regenerado e do Bem. Um excelente domingo para todos.
Obrigado. Muita Paz!